A ideia é permitir que pessoas que moram em grandes cidades – onde não há tanto espaço de sobra para plantações – possam cultivar pequenos jardins.
Chamada de Growmore, a estrutura de madeira criada pelo escritório dinamarquês Husum & Lindholm Architects pode ser montada a partir de seis componentes de madeira compensada, que incluem unidades de plantio e prateleiras conectadas por juntas articuladas permitindo ao usuário movimentar os módulos.
Além da produção de alimentos, os arquitetos afirmam que a Growmore visa criar espaços de fuga da agitação da cidade e ampliar a conscientização sobre produção local.

Fonte: Arquitetura e Construção